Bandidos São Surpreendidos Pela Pm Após Roubo De Carro; Um Morreu Perseguição Policial, Tiroteio E Bandido Morto Em Confronto Bandidos São Surpreendidos Pela Pm Após Roubo De Carro; Um Morreu Bandidos São Surpreendidos Pela Pm Após Roubo De Carro; Um Morreu Três Assaltantes Levaram A Pior Na Noite Desta Terça-feira (06) Após Roubarem Um Veículo Em Pinhais, Na Região Metropolitana De Curitiba.


Bandidos são surpreendidos pela PM após roubo de carro; um morreu Perseguição policial, tiroteio e bandido morto em confronto Bandidos são surpreendidos pela PM após roubo de carro; um morreu Bandidos são surpreendidos pela PM após roubo de carro; um morreu Três assaltantes levaram a pior na noite desta terça-feira (06) após roubarem um veículo em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O roubo aconteceu na Rua Jacob Macanhan, quando o condutor de um veículo Jac foi surpreendido pelos marginais que levaram seu carro, em uma pizzaria. Foi quando a vítima ligou para a Polícia Militar e conseguiu uma carona para acompanhar a distância os bandidos e informando a localização para a Polícia Militar. No Contorno Leste em São José dos Pinhais houve acompanhamento tático e confronto com os policiais. Um dos marginais morreu no confronto, outro se entregou e foi preso e um conseguiu fugir em meio a um matagal. Os policiais não ficaram feridos na ação.

O Sacolão da Família, que retomou suas atividades ontem, é um programa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Semag) de São José dos Pinhais que comercializa hortifrutis dos produtores rurais locais. São mais de 30 produtos; entre hortaliças, frutas, legumes e verduras, além doces, compotas e geleias. O programa passa agora a ser coordenado pela Coop Hort São José, que tem mais de 20 associados e uma parceria com a Cooperativa dos Agricultores Familiares da Colônia Marcelino (Coocastel). O prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon, esteve presente na reabertura do Sacolão da Família, que funciona anexo ao Armazém da Família, e falou sobre a importância desse programa que beneficia a vida de produz e de quem consome. “Todo trabalho que tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos nossos cidadãos é importante. E o Sacolão da Família é uma valorização da produção rural do nosso Município e uma opção de consumo com qualidade para os são-joseenses. Quem ganha é a sociedade”, afirma.

O condomínio Serra do Mar, no bairro Riacho Sode, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, que ficou conhecido por seu “rastro” de crimes nos últimos anos – já são pelo mais de 30 homicídios – , registrou mais um assassinato em suas dependências. Desta vez, a vítima foi Ricardo da Costa, 31 anos, executado no fim da tarde desta quinta-feira (18), possivelmente enquanto chegava do trabalho em casa, visto que estava uniformizado. Conforme o tenente William Correia, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, o assassino deve ter descarregado um revólver calibre 38 inteiro na vítima, já que a polícia verificou pelo menos cinco tiros no corpo de Ricardo, a maioria na cabeça. O tenente explicou que os moradores locais ouviram os disparos e chamaram a polícia. Mas, apesar do crime ter ocorrido na rua interna do condomínio, quase de frente para as janelas dos apartamentos, ninguém contou à polícia o que viu. Claramente por medo, já que o residencial é palco de muitas disputas sangrentas por “domínio do poder”. Não se descarta a hipótese de que Ricardo tenha sido morto por moradores de lá. Leia também: Todas as matérias sobre o Condomínio Serra do Mar Apesar de Ricardo já ter antecedente criminal, a esposa dele disse aos policiais que ele não mexia com drogas e desconhece o motivo do crime. “Sabemos que aqui as pessoas não falam por medo, sentem-se intimidadas. Mas é importante que a população nos passe informações, à PM mesmo, pelo telefone do Disk Denúncia (181) ou à Polícia Civil, pois a ajuda da população é essencial para esclarecer o motivo do crime”, alertou o tenente. No ano passado, a Guarda Municipal fez um levantamento, mostrando que desde 2012, data da entrega dos imóveis, até o início do ano passado, pelo menos 30 mortes violentas ocorreram no local .

são josé dos pinhais